Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Vendemos Jabuticabeiras em Vasos
Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo
Endereço:
Estrada Parnaso São Martinho-Tupã-Sp

Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo

Enviamos Jabuticabeiras para qualquer local do Brasil

Fone : 014 3441 3501

florestamudas@gmail.com

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

JABUTICABA: AMIGA DA DIGESTÃO E DOS PULMÕES

JABUTICABA: AMIGA DA DIGESTÃO E DOS PULMÕES

A jabuticaba é o fruto da jabuticabeira (Myrciaria trunciflora ou Myrciaria cauliflora e variedades), uma árvore nativa da Mata Atlântica brasileira, que também pertence à família das mirtáceas. É uma árvore muito elegante, de folhas pequenas e com uma curiosidade: as flores e, consequentemente, os frutos nascem em cabinhos que surgem no próprio tronco e até na superfície das raízes expostas. As variedades mais comuns são a paulista, que grande porte e frutos grandes, a Sabará, de porte menor e frutos pequenos e mais doces, a branca, de frutos grandes verde-claros e a ponhema, de frutos grandes, mas que só devem ser consumidos bem maduros e são mais usados para geléias.

Receita para obter mudas
A árvore leva de oito a dez anos para produzir a partir de sementes, mas mudas enxertadas produzem em cinco anos. O Guia Rural Abril de 1986 traz uma interessante receita paranaense para produção de mudas de jabucabeira por meio de estacas de galho.
Pegue um galho de 2,5 metros de comprimento, com uma bifurcação a um metro da base. Retire a casca de 40 cm da parte inferior. Em seguida você vai precisar de um latão de 18 litros com tampa e dois furos nessa tampa: num no meio, por onde você introduz o galho até o fundo do latão e outro furo no canto, por onde você introduz uma mangueira para manter o latão cheio de água. Cave um buraco com profundidade de 1 metro e largura suficiente para acomodar a lata. Tampe bem com terra. Através da mangueira, encha a lata de água duas vezes por semana. Em um mês o galho começará a brotar. A planta formará raízes e a lata desaparecerá com o tempo. A madeira da jabuticabeira é muito resistente.
Os poderes da jabuticaba
Além de saboroso, o fruto da jabuticabeira é uma verdadeira farmácia, respaldada por tradições indígenas e populares. A polpa da jabuticaba é uma saborosa fonte de vitaminas e sais minerais, como cálcio e fósforo. Com as cascas dessa fruta se fazem geléias e um corante para vinho e vinagre, que substitui o sabugueiro, as flores de malva e as papoulas, que dependem de importação. O chá das cascas da jabuticaba também tem muitas propriedades medicinais, pois é antiinflamatório, acalma os intestinos e faz bem para a pele. Até a entrecasca da fruta (película transparente entre a casca e a fruta) é um remédio tradicional contra a asma (veja receita).

FICHA TÉCNICA
Ingredientes a cada 100 g

Calorias 43
Proteínas 1 g
Cálcio 13 mg
Fósforo 14 mg
Ferro 1,9 mg
Vitamina B1 0,06 mg
Vitamina B2 0,16 mg
Vitaminca C 12 mg


RECEITUÁRIO

MEDICINA POPULAR

Contra a asma
Com auxílio de uma faca afiada, retire as entrecascas de 8 jabuticabas e ferva em 1 xícara (chá) de água. Ferva durante 2 minutos, deixe amornar tampado e tome 1 xícara (chá) toda manhã, adoçada com mel.

Chá buscopan contra má digestão
Ferva 2 colheres (sopa) de cascas picadas em 1 xícara (chá) de água por cinco minutos. Tome 1 xícara (chá) de duas em duas horas enquanto sentir mal-estar.

Como laxante suave
Coma polpa de jabuticaba sem as cascas, engolindo as sementes, no café da manhã e no jantar.

Contra dor de garganta
Esmague cinco jabuticabas com casca e polpa em 1 xícara (chá) de água, ferva durante 5 minutos, coe esfregando numa peneira com as costas de uma colher e faça gargarejos três vezes ao dia.

Contra diarréia
Ferva 1 xícara (chá) de cascas em ½ litro de água durante 5 minutos. Deixe amornar tampado e tome ½ copo após cada evacuação.

Papinha corta-diarréia
Tire os caroços de 2 xícaras (chá) de frutas, deixando bastante polpa. Bata no liqüidificador e coe. Tome meio copo às colheradas. Essa mesma papa feita na hora pode ser aplicada sobre feridas, pois é excelente cicatrizante.


COSMÉTICA
Para suavizar a pele
Inclua jabuticabas frescas e geléia de jabuticaba na sua dieta.

Contra caspa
Tire os caroços de 2 xícaras (chá) de frutas, deixando bastante polpa. Bata no liqüidificador e coe. Aplique nos cabelos cinco minutos e enxágüe com água morna. O excesso de oleosidade vai desaparecer e também a caspa.

 

TUDO SOBRE NATIVAS: GOIABA, JABUTICABA, PITANGA

DA MATA ATLÂNTICA PARA A MESA E A FARMÁCIA CASEIRAS
Originárias da América Central e do Sul, a goiabeira, a jabuticabeira e a pitangueira têm muito em comum, pois são árvores da mesma família, a das Mirtáceas, que compreende mais de cem gêneros e cerca de três mil espécies. Dezenas de goiabeiras silvestres, parentes das que conhecemos no comércio, deixaram de ser cultivadas nos quintais e agora só existem no que resta de mato. Elas foram conhecidas de nosso avós como uma verdadeira farmácia indígena, mas não chegaram a entrar em cultivo comercial.
O que reúne todas essas árvores aparentemente tão diferentes numa mesma família é, além de alguns elementos estruturais, o formato em pompom da flor, geralmente pequena e branca, a maioria polinizada por insetos (veja boxe). Na história geológica do planeta, essa família provavelmente descende de um ancestral comum que existia há mais de 100 milhões de anos antes do presente, quando os continentes ainda eram unidos. Depois houve a separação dos continentes e seguidas mutações, dando origem às mirtáceas da América, e de outros lugares do mundo, que evoluíram para as espécies atuais. As frutas e árvores a seguir são um exemplo destacado da importância dessa família botânica para a alimentação, a fitoterapia e a cosmética.

Nenhum comentário:

Postar um comentário