Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Vendemos Jabuticabeiras em Vasos
Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo
Endereço:
Estrada Parnaso São Martinho-Tupã-Sp

Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo

Enviamos Jabuticabeiras para qualquer local do Brasil

Fone : 014 3441 3501

florestamudas@gmail.com

domingo, 30 de junho de 2013

Propagação da Jabuticabeira



A jabuticabeira pode ser propagada por sementes, estaquia, mergulhia e por enxertia (estas são mais precoces que as plantas de pé-franco, no entanto os enxertos produzem plantas de copas menores e menos produtivas). Para a estaquia escolhem-se galhos fortes, no início da primavera. Enterram-se três quartos das estacas, em canteiros feitos à sombra e bem úmidos. Usam-se os enxertos de borbulha e garfo em pés-francos de jabuticabeira.
Para a obtenção de sementes para o plantio, os frutos devem ser colhidos em plantas boas produtoras, precoces e isentas de pragas e doenças. A seleção do fruto é condicionada à forma, tamanho, coloração e natureza da superfície segundo característica da espécie. As sementes obtidas devem ser bem constituídas, vigorosas e sadias. Na seleção destas sementes, deve-se eliminar aquelas mal conformadas e chochas (Um grama de semente pode conter de 40 a 50 unidades).
Após romper sua casca (c/canivete ou unha) aperta-se o fruto para extrair a semente que está envolta pela polpa; esta é eliminada deixando-a fermentar por 24 horas ou lavando-a com cal em peneira ou ainda, esfregando-a sobre peneira ou espremendo-a em saco de pano de tecido ralo. Em seguida a semente é espalhada sobre um papel absorvente ou pano seco e colocada a secar à sombra. Como elas perdem o poder germinativo facilmente, as sementes devem ser postas a germinar em até 5 dias após a sua obtenção.
Para o semeio de grandes quantidades de sementes, utiliza-se canteiros de 1,2 m. de largura por comprimento variável com superfície destorroada a aplainada; a terra deve ser composta de 1 parte de areia silicosa, 1 parte de terra argilosa e 4 partes de terra fértil (de mata). O semeio é feito com 1 a 2cm de profundidade, em sulcos transversais, com espaçamento 30 cm entre linhas (sulcos), e 10 cm entre sementes. Logo após o semeio, irrigar bastante.
A germinação ocorre em torno de 15 a 30 dias. A muda deve ser repicada para o viveiro (ou para saco plástico) com terra bem estercada, quando atingirem cerca de 15 cm de altura, o que ocorre 6 a 12 meses após o lançamento das primeiras folhas. Dois meses antes da repicagem o leito do canteiro deve ser preparado; nele abre-se sulcos com 20 cm de profundidade que devem receber os adubos químicos recomendados pela análise do solo, misturados a 6Kg de esterco de curral para cada metro de sulco. A repicagem é feita num espaçamento de 80cm x 40cm. Ao atingirem 60cm de altura as mudas estarão aptas para o plantio definitivo no campo.
Atenção
A jabuticabeira é sensibilíssima ao transplantio, portanto, todo cuidado é pouco, sendo preferível a produção de mudas em sacos plásticos (sacos de polietileno preto, de 15 x 25 ou de 18 x 30). O substrato para o enchimento dos sacos é semelhante ao feito para o leito do canteiro, substituindo 1 parte de terra fértil por 1 parte de esterco de curral bem curtido.
A propagação via estaquia é efetuada com a retirada do ramo da planta mãe na primavera. Este ramo deve ter aproximadamente 80cm de comprimento com 5 a 7cm de espessura, aponta-se sua extremidade inferior, lasca-se em cruz e, com uma marreta, enterra-se 2/3 da estaca, logo após, irrigar bem.

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/jabuticaba/jabuticaba-1.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário