Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Vendemos Jabuticabeiras em Vasos
Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo
Endereço:
Estrada Parnaso São Martinho-Tupã-Sp

Viveiro de Mudas - Arvores Nativas e Arvores Frutiferas

Nossa Jabuticabeiras são produzidas em nosso
Viveiro de Mudas Floresta em Tupã - São Paulo

Enviamos Jabuticabeiras para qualquer local do Brasil

Fone : 014 3441 3501

florestamudas@gmail.com

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Jabuticabeira Segundo Enciclopédia



A jabuticabeira, mirtácea, espontânea em grande parte do Brasil, mais comum em Minas Gerais,
 Espirito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, encontradiça noutras, como Bahia,
Pernambuco, Paraíba, Pará, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás e
 Mato Grosso, a jabuticabeira, a magnífica jabuticabeira é uma árvore de tamanho
médio, porte piramidal, belíssima. Folhas opostas, lanceoladas, vermelhas quando
novas. Flores brancas e sésseis.
Frutifica fartamente, pois se cobrem de frutos o tronco, os galhos não raro até as raízes
 descobertas.
A jabuticaba, fruta brasileira por excelência, é uma baga redonda ou arredondada,
 em regra roxo - escura, com polpa esbranquiçada doce, saborosíssima, envolvendo
 1 a 4 sementes. Também há jabuticabas "listradas de roxo ou vermelho, quase negro,
 com listras roxas ou vermelhas ".
E as há também verde-claras e verde-bronzeadas.
Variedades:A fitografia da
 jabuticabeira, produtora de uma das melhores frutas do mundo, ainda está um
tanto confusa. Barbosa Rodrigues, por exemplo, cita duas espécies de
 Myrciaria: Myrciaria jaboticaba, com frutos pequenos de pedúnculo escuro e
Myrciaria cauliflora, com frutos grandes e sésseis.
Há quem encontre três espécies: Myrciaria cauliflora, Myrciaria trunciflora e
Myrciaria jaboticaba.De todas as variedades anteriores a mais aceita é a
Myrciaria cauliflora e todas sua espécies, tais como:

Jabuticaba Sabará: A mais apreciada e doce das jabuticabas e a mais intensamente plantada.
É de crescimento médio mas muito produtiva. Frutos miúdos, de epicarpo fino,
 muito saborosos. Maturação precoce. Jabuticaba Paulista: De maior porte do
que a anterior e de grande produção. Fruto grande e coriáceo. A maturação é um tanto
 tardia. Jabuticaba Rajada: Assemelha-se as anteriores em crescimento e produção.
 Os frutos são grandes, muito doces e muito saborosos.
A pele é verde bronzeada. Maturação mediana. Jabuticabeira Branca: Porte médio.
Produz, fartamente, frutas grandes e deliciosas. São verde-claras.
Jabuticabeira Ponhema: É uma árvore de grande porte e extraordinária produção.
 O fruto é grande e de pele um tanto coriácea. Deve ser consumida quando bem madura.
 É a variedade mais apropriada a fabricação de geléias, doces e licores.

Prepara-se a terra do futuro pomar com cuidados de praxe. Ara-se e gradeia-se.
Faz-se uma adubação verde, se possível. Abrem-se covas de 50cm nos três sentidos,
 com o compasso de 6 x 6 a 10 x 10 metros, conforme a variedade a plantar,
o clima e a fertilidade do solo. Na cova colocar-se-ão uns 20 litros de estrume
de curral ou composto, misturado com aproximadamente 200 gramas de
nitro-cálcio ou sulfato de amônio, 200 gramas de farinha de ossos,
100 gramas de superfosfato e 100 gramas de cloreto de potássio.
 Fazem-se as carpas indispensáveis, de preferência com o cultivador ou a grade de discos.
 Nos primeiros anos, podem fazer-se culturas consorciadas, de preferência leguminosas e
de pequeno porte, deixando-se sempre um grande espaço livre em torno de
 cada jabuticabeira. Prefiram-se o feijão, o amendoim a soja como culturas consorciadas.

Adubação: Reage muito bem ao adubos, principalmente aos adubos orgânicos.
Seria aconselhável a seguinte adubação para a jabuticabeira adulta: estrume de gado
ou de aves, bem curtido,10 a 20 litros; farelo de algodão; farelo de mamona ou farinha
de sangue, 3 a 6Kg; farinha de ossos, 1 a 3Kg.

Pragas e moléstias: É atacada pelos insetos e fungos.
O grande inimigo da jabuticabeira é o pulgão ceroso Capulina jaboticabae, Ih.
Os ramos atacados serão raspados e pincelados com calda sulfo-cálcica ou algo equivalente.

Colheita: A jabuticabeira infelizmente cresce vagarosamente e custa a produzir.
Mas a produção é vultosa nas jabuticabeiras grandes e bem adubadas.
Raul de Faria diz ter visto jabuticabeiras enormes que produziam, em Petrópolis
(RJ) e Sabará (MG), 100 caixas de 40 litros cada uma! E não tinham sido adubadas.
Fonte:
http://www.agrov.com/vegetais/frutas/index.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário